Governo da NZ considera a reabertura do país para estudantes internacionais

O ministro da Educação, Chris Hipkins, disse que o governo esta estudando a permissão para que estudantes internacionais retornem à Nova Zelândia, caso possam ficar em uma quarentena segura.

Seu comentário resultou da fala do vice-chanceler da Universidade de Victoria Grant Guilford, que assegurou ao Comitê de Resposta Epidêmica na terça-feira que estudantes internacionais podem ficar em quarentena representando risco zero à saúde pública.

O setor educacional internacional, incluindo as escolas secundárias, gera $ 5 bilhões por ano, e e vem sentindo o aperto financeiro do fechamento das fronteiras para os não-neozelandeses.


Hipkins falou hoje à imprensa que os estudantes internacionais têm maior probabilidade de vir à Nova Zelândia do que os turistas estrangeiros, em caso de ainda haver a necessidade de uma quarentena de 14 dias na chegada.

"Ao contrário dos turistas que vêm aqui por um curto período de tempo, os estudantes internacionais vêm aqui por um ano ou mais.” “É bem possível que possamos trabalhar com os provedores internacionais de educação para gerenciar um período de quarentena no início de, digamos, um ano de estudos para que eles possam entrar na Nova Zelândia. É algo que estamos trabalhando com o setor". Depois de um período de quarentena, ele disse que os estudantes não seriam uma ameaça para a sociedade neozelandesa, uma vez considerados livres do Covid-19

Hipkins disse que entrará em contato com o setor nas próximas 24 horas para pedir que eles comecem a trabalhar em "um acordo semelhante à quarentena" - e não em um modelo de auto-isolamento.

“Não poderiamos simplesmente contar com a confiança, por exemplo. Não poderíamos colocá-los em uma residência e dizer 'não vá a lugar nenhum'. Precisávamos saber que o modelo é aplicável.”

"Precisamos de garantia, de uma boa proposta, concreta, mas certamente estamos abertos a recebê-la, e tenho deixado isso muito claro para as universidades."

Na terça-feira, Guilford disse ao comitê que a Universidade Victoria já poderia fornecer quarentena e testes Covid-19.

"Podemos fazer isso com segurança, sem riscos para a saúde pública da Nova Zelândia."


Usando uma metáfora, ele alertou o governo a não jogar fora o bebê "estudantes internacionais" junto com a água do banho “Covid-19”, acrescentando que, quando chegar a hora certa, o governo poderá aprovar "instalações obrigatórias, regulamentadas pelo governo, pagas pelos usuários e em quarentena" para os alunos que retornarem para a Nova Zelândia.

Ele acrescentou que as perdas financeiras causadas pelo Covid-19 impulsionaram a abertura da Universidade de Victoria ao governo, fornecendo assistência financeira a estudantes como bolsas de estudo ou um subsídio universal.

O Covid-19 atingirá Victoria com uma perda de $ 30 a $ 40 milhões, disse ele, e a universidade já gastou $ 500.000 em bolsas de estudo para estudantes, bem como $ 5 milhões em acomodações estudantis subsidiadas. A primeira-ministra Jacinda Ardern revelou que as escolas reabrirão quando o país mudar para o nível 2 de alerta, mas o ensino a distância ainda estará disponível para aqueles que não puderem retornar, como estudantes em isolamento.

Hipkins disse que o baixo número de casos na Nova Zelândia significa que há muito pouca chance de alguém que esteja portando o vírus entre nas instalações da escola.

As escolas podem abrir na próxima semana, o que significa que teriam uma semana para se preparer, caso o governo decida passar para o nível 2 na segunda-feira.

Dado o limite de 100 pessoas em reuniões, ele disse que mais orientações serão emitidas nos próximos dias sobre os Salões de Residência, que geralmente abrigam mais de 100 estudantes.


Continue acompanhando nossas publicações e compartilhe com seus amigos!

Se você pensa em estudar na Nova Zelândia, entre contato conosco!


Fonte: NZ Herald

CONTACTO

LATINOAMÉRICA ( ESPAÑOL)

+57 301 3675609

intercambios@sea-international.com

BRASIL (PORTUGUÉS)

+64 210 520382

brazil@sea-international.com

NUEVA ZELANDA (ESPAÑOL-INGLÉS)

+64 210 252 1473

latam@sea-international.com

OFICINAS

Auckland, Nueva Zelanda

87 Albert Street, Level 6 - Office 605 

Auckland CBD (Big Albert Building)

Bogotá, Colombia

Tel: (01) 744 6664.  

Carrera 15 # 91 - 30. Piso 4.

© SEA International Limited. All rights reserved. New Zealand. 2019. Terms and conditions and Copyright Images. Data treatment policy